CATEGORIAS:

Aumentar vendasGestãoOperaçãoProdutosSem Categoria

O ramo de alimentação é um segmento promissor mesmo em tempos de crise. Se você administra sozinho o seu negócio e quer aumentar o faturamento da lanchonete, acredite: o segredo é aumentar o consumo dos clientes.

Para conseguir esse feito, é preciso estar preparado para as sazonalidades e contar com um mix de produtos que atenda ao consumidor em diferentes períodos do dia. E você também pode se valer de estratégias para aumentar o consumo dos clientes baseadas em estudos comportamentais. 

Ficou curioso? Neste post, vamos destacar 7 truques para você começar a implantar em seu estabelecimento assim que terminar a leitura! Confira!

1. Simplifique as escolhas

É fundamental estar atento às novidades do mercado e ter um mix de alimentos bem elaborado para atender aos diversos públicos. Entretanto, fornecer muitas opções pode dificultar a escolha do cliente. Para resolver esse problema, você pode limitar as alternativas e simplificar a decisão do consumidor. 

Primeiramente, conheça o seu público-alvo. Assim, será mais fácil entender quais serão os produtos mais procurados por eles. Foi assim que o Mc Donalds começou a servir o combo sanduíche, batata frita e refrigerante: simplificou para o cliente e aumentou a rentabilidade do negócio.

Tenha curiosidade sobre as preferências do seu público e selecione os produtos que eles mais procuram. Você vai perceber que, mesmo com gostos diferentes, as pessoas costumam manter os mesmos pedidos quando retornam. Então, direcione o foco para esses itens.

Para manter seu cliente satisfeito, não é necessário oferecer um mix muito extenso de produtos. É recomendado oferecer apenas de 4 a 7 itens por seção do menu. E lembre-se de sempre oferecer produtos de qualidade.

2. Avalie a maneira de apresentar os preços

Por muito tempo, a estratégia mais adotada foi a de terminar os preços com R$ 0,99. No entanto, alguns projetistas de cardápio afirmam que valores que terminam com R$ 0,95 em vez de R$ 0,99 são mais amigáveis para os clientes e, por isso, mais eficazes na hora de vender. Os preços terminados em R$ 0,99 também teriam uma tendência a significar mais valor para o cliente, sem representar mais qualidade.

Por isso, alguns restaurantes têm optado por não apresentar os centavos, ou seja, têm deixado os preços apenas com o número inteiro e sem os zeros. A ideia é apresentar um cardápio mais limpo e simplificado.

Independentemente da sua escolha, o foco deve ser sempre o produto, e não o preço.

3. Não utilize o cifrão

Essa dica já é bem conhecida. Se você ainda utiliza o cifrão em seu cardápio ou nas promoções, é melhor rever os seus conceitos. Estudos desenvolvidos na Escola de Administração Hoteleira da Universidade de Cornell evidenciaram que os hóspedes gastam mais quando utilizam cardápios sem cifrões. 

Assim que o consumidor nota o símbolo, ele o relaciona á ideia de gastar dinheiro e se desvia do benefício esperado ao consumir algo. Isso porque o cifrão passa a ideia de custo, e acaba desencorajando o cliente na hora da compra.  

4. Descreva o alimento de forma criativa

Uma forma de aumentar o consumo é procurar fazer uma descrição do alimento, sempre reforçando a sensação de sabor. Quer um exemplo? “Pão de queijo Forno de Minas quentinho! Quem resiste a essa tentação?” Dessa forma, os produtos podem se tornar um diferencial competitivo para a sua lanchonete.

Os menus explicados de forma romântica vendem cerca de 27% a mais do que os menus comuns. Esse foi o resultado apresentado por uma pesquisa da Universidade de Illinois. Quando alguém explica um prato ou um produto ao cliente, a descrição desperta sensações e expectativas que fazem com que ele se sinta mais satisfeito após consumir. 

5. Lembre-se do marketing de experiências

Você já ouviu falar que a escolha certa da música pode levar o consumidor gastar mais? De acordo com os estudos de psicologia da Universidade de Leicester, a música clássica faz com que os clientes se sintam mais “ricos” e gastem mais naquele estabelecimento. De outro lado, a música pop leva as pessoas a gastarem 10% a menos.

Pensar na experiência do cliente é favorecer sensações agradáveis. É considerar layout, cores, sons, iluminação, cheiros, higiene, sabor, conforto. Ou seja, é mobilizar os sentidos do consumidor a favor de suas vendas.

O estilo musical, o conforto do mobiliário, a cordialidade do atendimento: tudo isso contribui para que o cliente tenha percepções positivas em relação ao seu estabelecimento e queira retornar mais vezes.

6. Otimize o layout do ambiente

Organizar o layout é uma estratégia que ajuda a aumentar as vendas. Isso porque o visual de um estabelecimento é ao mesmo tempo um convite e a primeira impressão para o consumidor.

É importante priorizar a disposição dos alimentos de maneira a atrair o olhar dos frequentadores. Não se esqueça de se preocupar com a aparência dos alimentos, já que eles devem despertar a fome e o desejo de consumir. Invista em alimentos frescos e utilize na decoração fotos que despertem a vontade de comer.

7. Apresentação do cardápio

Normalmente, os clientes costumam escolher os primeiros itens do cardápio. Por isso, o recomendado é dispor os itens mais rentáveis no canto superior direito, pois esse é o local que os olhos alcançam primeiro. Não se esqueça de usar fontes legíveis e de evitar desenhos e sinais que acabam distraindo o cliente e deixando-o confuso.

Para atender a diversos públicos, é importante que seu cardápio conte com um mix de alimentos para diferentes ocasiões e gostos. Ofereça um cardápio variado e bem formulado, com opções de salgados, doces, massas e opções saudáveis. E lembrando que uma das melhores formas de reter clientes é oferecendo qualidade. Para isso, é preciso contar com fornecedores confiáveis e reconhecidos no mercado pela qualidade e tradição.

Agora que você já aprendeu 7 truques para aumentar o consumo dos clientes em seu estabelecimento, não perca mais tempo! Comece a colocar essas dicas em prática agora mesmo e veja os resultados! Dentro de pouco tempo você terá mais clientes fidelizados e vai ver seu faturamento aumentar.

Gostou deste texto? Ele foi útil pra você? Então, assine a nossa newsletter e receba conteúdos fresquinhos em sua caixa de e-mail!

Escreva um comentário

Share This