CATEGORIAS:

Aumentar vendasGestãoOperaçãoProdutosSem Categoria

Os programas de fidelidade estão em alta. Afinal, muitos empresários já perceberam a importância de reter os clientes e têm optado por implementar sistemas voltados especificamente para a fidelização do público-alvo.

Embora as características de cada programa de fidelidade possam ser diferentes, a premissa permanece a mesma. Trata-se de uma estratégia de marketing que recompensa o comportamento de compra, aumentando assim o desejo do cliente em permanecer fiel à empresa. Em troca, o estabelecimento oferece alguma conveniência, crédito, prêmio ou outro benefício capaz de atrair o consumidor.

Se você ainda não implementou um programa de fidelidade no seu negócio ou não tem certeza sobre sua eficácia, continue a leitura. A seguir, apresentaremos algumas dicas para que você passe a adotar essa estratégia em seu estabelecimento. Confira!

A importância da fidelização do cliente

Com a economia em recuperação, muitos empreendimentos têm apresentado baixo crescimento. A mudança do comportamento do consumidor, a alta concorrência e as plataformas tecnológicas em constante evolução estão tornando os mercados cada vez mais difíceis e competitivos. A redução de custos é uma resposta natural a esse cenário, mas os empresários nunca devem deixar de investir na fidelização do cliente.

Os programas de fidelidade são métodos comprovados de crescimento e aumento da participação no mercado. Os consumidores que já confiam em uma marca têm maior probabilidade de continuar comprando, o que torna essa parcela essencial para o sucesso dos novos produtos da sua empresa.

Muitos donos de estabelecimentos reconhecem a importância desses programas, mas poucos deles se movimentam nesse sentido. Também é possível que no passado você já tenha utilizado métodos de fidelização, mas provavelmente as expectativas dos clientes e a concorrência eram muito diferentes.

Antigos padrões de comportamento do consumidor não se aplicam mais, e os empresários precisam se adaptar para sobreviver. Os programas de fidelidade podem gerar participação de mercado, mas, para isso, precisam ser mais acessíveis, relevantes e atraentes para o consumidor digital de hoje.

As vantagens de um programa de fidelidade

Os programas de fidelidade têm duas principais funções: incentivar clientes a continuar fazendo negócios com a sua marca e garantir que eles se sintam valorizados por sua empresa. E é claro que, ao instituir uma estratégia de fidelização, você não apenas melhora a satisfação do cliente, mas também aumenta as chances de que eles compartilhem essa experiência positiva com pessoas próximas a eles.

Quanto mais um cliente se sente valorizado, mais ele é capaz de fazer negócios e recomendar sua empresa para outras pessoas. Isso, por sua vez, se mantém de maneira cíclica, no chamado boca a boca, o que gera mais crescimento para o negócio.

Um dos benefícios dos sistemas de recompensas por fidelidade, tanto para os clientes quanto para os donos de empresas, é que, dependendo das táticas, as gratificações podem ser aplicadas nas compras online, presenciais ou em ambas as modalidades. Isso oferece a oportunidade de oferecer um conjunto robusto de recompensas para uma ampla variedade de clientes.

Se você notou que a maioria de suas vendas é para aqueles que compram na internet, melhore seu sistema de recompensas online. Por outro lado, se a maior parte do seu negócio é conduzida na loja física, um programa presencial pode ser mais adequado.

Os custos envolvidos na retenção do cliente

Ao implementar um programa de recompensas, transmite-se para a carteira de clientes a mensagem de que a empresa está interessada não apenas em faturar, mas também em manter um relacionamento com os clientes, de forma que o negócio seja mutuamente benéfico.

Seu empreendimento vende bens e serviços, embora você atribua benefícios apenas à satisfação do cliente. Esse ato de boa vontade melhora as perspectivas gerais do seu público, o que leva a um impacto positivo em seus negócios.

Felizmente, os programas de fidelidade não demandam altos investimentos. Dependendo do segmento, os custos não chegam a 5% das vendas. Entretanto, para valer a pena, a estratégia precisa alcançar os clientes certos e ser construída com disciplina e um modelo financeiro adequado.

Geralmente, manter um cliente existente é 7 vezes mais barato do que adquirir um novo. Assim, os recursos que você utiliza em um programa de fidelidade nem se comparam com os custos de suas estratégias para atrair novos clientes. Além disso, dependendo do escopo do seu programa de recompensas, as pequenas despesas que você gastará ao instituir a fidelização podem ser ofuscadas pelos negócios adicionais gerados como resultado.

A criação de um bom programa de fidelidade

O que separa um bom programa de fidelidade de um ótimo é o modo como ele usa os dados do cliente. E as empresas precisam integrar essa informação privilegiada em todas as suas operações de negócios, não apenas nos programas de fidelidade.

Antes de se preocupar com o orçamento, descubra qual característica melhor se adapta ao seu negócio e planeje uma estratégia em torno dele, definindo o público-alvo, as recompensas e a forma como o programa será controlado. Isso permitirá desenvolver toda a estratégia com muito mais criatividade e sucesso.

Os programas de fidelidade precisam ser consistentes, mas os consumidores também gostam de novidades. Com a abordagem certa, a estratégia pode apresentar benefícios e apresentar produtos que estimulem a compra.

A partir do momento que o programa de recompensas é implementado, ele efetivamente se torna uma ferramenta de fidelização autossustentável, devido à sua natureza recorrente. Quanto mais um cliente compra, mais recompensa ele recebe, inspirando-o a continuar comprando. Além disso, a atualização contínua das recompensas mantém os clientes engajados.

Como você viu, o trabalho e os recursos necessários para realizar um bom programa de fidelidade são imperceptíveis diante do crescimento que a empresa experimenta com tal estratégia. No entanto, apesar de um bom programa de fidelidade multiplicar a boa experiência do cliente, não compensa uma experiência ruim. Por isso, pense também em uma maneira eficiente de medir a experiência do cliente, a qual deve ser o ponto de partida de qualquer programa de fidelidade.

Você sabia da importância de um programa de fidelidade? Ficou com alguma dúvida? Deixe sua mensagem nos comentários. Até a próxima!

Escreva um comentário

Share This